Satélite Chinês cai sobre o Oceano Pacífico

O satélite chinês Tiangong-2 é um laboratório especial que foi criado em 2016 com o principal objetivo de testar tecnologias orbitais chinesas. Com uma vida útil prevista para dois anos, o satélite conseguiu ficar mais de dois anos em órbita no espaço e caiu nesse último final de semana com segurança e com controle sobre o Oceano Pacífico.

Segundo a Administração Espacial Nacional da China, a estação espacial de 18 metros e 8 toneladas teve parte de sua estrutura queimada durante a entrada na atmosfera terrestre.  Ela afirma também que poucos detritos caíram na Terra, sendo que a maioria desses detritos eram painéis solares. A China Global TV Network, estatal que controla as transmissões nacionais de televisão do país, divulgou um vídeo que mostra o exato momento em que parte dos detritos do satélite chinês entraram em solo terrestre. Confira logo abaixo.

 

No início do ano, a Tiangong-1, estação espacial que também pertenceu a China, entrou em solo terrestre sem freio e deixou milhares de pessoas aflitas sobre aonde ela poderia cair e se poderia causar grandes transtornos. Felizmente ela caiu em um lugar bem tranquilo e teve sua queda bem-sucedida. Com o fim da Tiangong-1 e a Tiangong-2, agora só resta a terceira versão do satélite, a Tiangong-3, que promete ser maior que as suas sucessoras e levar engenheiros e astronautas ao espaço por mais tempo e conforto. O lançamento da terceira versão do satélite está previsto para ano que vem.

Fonte: Mega Curioso | CanaTech | Tecmundo

 


Posts Relacionados

Tags: | |

avatar