Paisagem escondida no Ártico

Após 40 mil anos escondida de baixo de toneladas de gelo, uma paisagem localizada no continente ártico, ressurgiu depois de séculos invisível. Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade do Colorado, localizada em Boulder, essa região está passando por seu período mais quente em mais de 110 mil anos.

A paisagem recém surgida fica na ilha de Baffin, a quinta maior ilha do mundo. A ilha é conhecida por ser separada por planaltos de alta elevação e de baixo relevo. Baffin possui o relevo e clima ideal para preservar plantas, musgos raros e objetos antigos totalmente intactos.

Foi utilizado datação por radiocarbono para descobrir qual foi a última vez em que a região foi coberta de gelo. A descoberta do tempo em que essa parte dessa ilha ficou debaixo do gelo foi feita através do estudo de 48 tipos de plantas coletadas das bordas da ilha. Além das plantas também foram utilizados blocos de quartzo para o estudo.

Após coletadas as amostras, elas foram levadas e processadas nos laboratórios da Universidade do Colorado e da Universidade da Califórnia, em Irvine, nos Estados Unidos. O resultado foi que todas as plantas antigas coletadas em todas as 30 calotas de gelo estiveram continuamente cobertas por gelo pelo menos nos últimos 40.000 anos.

Se comparados com dados de temperatura reconstruídos a partir dos núcleos de gelo de Baffin e Groenlândia, é possível que a região está no seu período mais quente dentre os últimos 115.000 anos. Se continuar assim a ilha de Baffin poderá ficar sem gelo nos próximos séculos.

Fonte: Hypescience | Sputnik | Galileu


Posts Relacionados

Tags: | | |

avatar