Geólogos encontram restos de animais em cavernas na Bahia

Geólogos encontraram fósseis de animais que viveram no período Pleistoceno nas redondezas do município de Serra do Ramalho, no sudoeste da Bahia. Os animais em questão estavam escondidos em duas cavernas com a extensão de 7km cada uma.

Fósseis
Foto: Super Interessante

O período Pleistoceno foi o período geológico anterior ao atual, que vai entre 2,5 milhões a 11 mil anos atrás. Esse período é onde ocorreu o evento de glaciação mais recente, no qual é representado no filme A Era do Gelo. Mamíferos como preguiças e capivaras gigantes são dessa época, bem como tigres dentes-de-sabre, mastodontes e rinocerontes lanudos – peludos de grande porte que foram extintos em parte graças a mudanças climáticas.

Os ossos em questão foram coletados entre 2012 e 2014 e analisados por pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil junto com universidades federais do Paraná e do Rio de Janeiro.

A busca de restos de animais se deu início em 2011, quando pesquisadores do CPRM (sigla pela qual é conhecido o Serviço Geológico) resolveram analisar cavernas de nove municípios do sudoeste da Bahia. Dentro dessas cavernas analisadas, em duas das cavernas, havia fósseis. Não era só um, era muitos.  Os fósseis não precisaram ser escavados, pois eles estavam expostos graças a natureza.

A era Pleistoceno

A era Pleistoceno ou Plistoceno é uma época que aconteceu à cerca de 25 milhões e 117 mil anos atrás. Pertencente ao Período Quaternário da Era Cenozoica, Éon Fanerozoico. Essa era foi conhecido pelos mamíferos gigantes e por ser uma era bem gelada.

Durante a época Pleistoceno aconteceram cerca de 11 eventos de aquecimento global junto com a era do gelo. Pesquisadores afirmam que já faz mais de 11 mil anos que estamos vivendo em um período de aquecimento global,  no qual o Homem não tinha praticamente nenhuma interferência com o clima.

Entre o Pleistoceno está o Plioceno e o Holoceno, os dois no mesmo período. Um dos pontos mais comentados do Pleistoceno é justamente o seu limite inferior, isto é, a transição do Plioceno – Pleistoceno que foi datado em 1,81 milhões de anos, data esta que coincide com a implantação das fases glaciais do Quaternário e com o surgimento do Homo erectus, na África. O Pleistoceno se divide com base nos fósseis de mamíferos extintos em (da mais antiga para a mais recente) Pleistoceno Inferior, Pleistoceno Médio e Pleistoceno Superior.

Fonte: Super Interessante| InfoEscola


Posts Relacionados

Tags: | |

avatar