Tecnologia

Como funciona um extintor de incêndio?

9 de Janeiro de 2015 Nenhum comentário

O extintor de incêndio consegue acabar com um dos três fatores que compõem o fogo:  o calor excessivo, o material combustível ou a substância comburente. Composto com materiais diferentes, para cada tipo de incêndio, hoje existem quatro tipos de extintores, mas apesar disso, o funcionamento de todos eles são iguais.  

Apagando o incêndio: como funciona o extintor de incêndio

1- Cada extintor de incêndio possui um lacre na alavanca, que é puxado para ser solto antes do uso. Após romper o lacre e pressionar a alavanca, uma barra chamada de haste de ativação é movimentada para baixo

2- Ao ser movimentada para baixo, a haste, que possui uma ponta afiada na outra ponta, faz com que seja aberto um tubo de gás comprimido(geralmente gás carbônico) presente dentro do extintor. Se a alavanca deixa de ser pressionada, a abertura é fechada

Veja também
Como saber se alguém te bloqueou no WhatsApp? Existem algumas maneiras de ver se um contato te bloqueou no WhatsApp. São elas: 1) Você não vê mais informações de "visto por último" na janela de...
Sites das antigas que ainda permanecem no ar A constante evolução da internet fez com que diversos sites tivessem que sair do ar ou, simplesmente, ter seu designer totalmente reformulado. Mas ape...
Os comerciais do Windows 1.0 ao 10 Com a principal finalidade de mostrar as grandes funcionalidades que o Windows oferecia, a Microsoft lançou diversos comerciais do sistema operacional...

3 – Uma vez liberado, o gás comprimido é solto pela a parte de cima do tubo e se expande rapidamente dentro do cilindro. A expansão do gás faz com que o agente do extintor seja pressionado para baixo,  fazendo com que o material seja forçado a sair pela a mangueira.

4- Para que haja um combate mais precioso do fogo é recomendado que o usuário agite o extintor de um lado para outro. O jato de um extintor comum dura em média 60 segundos, sendo recomendado para incêndios pequenos.

Por dentro de um extintor (Clique na imagem para ampliar)

Por dentro de um extintor (Clique na imagem para ampliar)

A qualidade do extintor é medido pelo manômetro. Se  o ponteiro do manômetro estiver marcado no verde, significa que a pressão interna dentro do equipamento está correta, ou seja, o extintor está pronto para o uso. É importante ficar atento a data de validade: a cada doze meses o cilindro precisa ser verificado, pois o agente do extintor pode estar estragado.

No total existem quatro tipos de extintores. São eles:

Tipo A – combate fogo alimentado por madeira, papel, papelão e tecidos. Os extintores do tipo A são compostos por água.

Tipo B – combate líquidos inflamáveis. São compostos por pó químico.

Tipo C – combate incêndios causados por equipamentos elétricos. Os extintores do tipo C são composto por gás carbônico.

Tipo D – combate fogo causado por metais inflamáveis. São compostos por pó químico especial.


Posts Relacionados




Bruno Pinheiro

Formado em Administração e criador do Manual dos Curiosos, Bruno Pinheiro é apaixonado por sites e curiosidades. É o autor de todos os textos publicados no Manual dos Curiosos até agora.

Sua reação ao ler esse post
  • FASCINADO
  • FELIZ
  • TRISTE
  • IRRITADO
  • ENTEDIADO
  • MEDO
Comentários
Publicidade
Facebook
Youtube

Categorias
Parceiros