Confira a evolução da página inicial do Google

0

Que tal viajar no tempo e relembrar todas as páginas iniciais do Google ao longo de sua história? Confira.

1998



Clique na imagem para ampliar.
Clique na imagem para ampliar.

Durante o início da sua história, o Google não estava disponível para o mundo inteiro e só podia ser encontrado através do link google.starford.edu. Além disso, por ser hospedado em servidores da Universidade de Starford, o rodapé da página apresentava uma assinatura da universidade americana.

1999

Clique na imagem para ampliar.
Clique na imagem para ampliar.

Mesmo em fase beta, o Google em 1999 já possuía o seu próprio mecanismo de pesquisa e, diferente dos concorrentes na época, o buscador já possuía um layout moderno, organizado e clean. Além disso, a empresa montou uma interface no qual permitia um melhor entendimento no manuseio da página.

2000

Clique na imagem para ampliar.
Clique na imagem para ampliar.

Em 2000 a página do Google já podia ser encontrada em várias línguas nos quais podiam ser trocados a qualquer momento através de uma caixa encontrada ao lado da barra de pesquisa.

2002

Clique na imagem para ampliar.
Clique na imagem para ampliar.

Recém lançado, o mecanismo de pesquisa de imagens começou a se tornar febre na época. Além disso, os links adicionais, nos quais estavam crescendo, começaram a ser organizados em abas azuis localizadas no topo da barra de busca. Além do lançamento da pesquisa de imagens, a empresa também lançou o primeiro serviço de Weblog da internet.

2004

Clique na imagem para ampliar.
Clique na imagem para ampliar.

Com o intuito de deixar o layout mais clean e organizado, o Google decidiu se livrar das abas localizadas em cima da barra de pesquisa. Ao invés da abas, os links começaram a ser organizados pelo  número de acessos em uma barra localizada no topo da página.

2005

2005
Clique na imagem para ampliar.

Apesar de não haver muitas mudanças, em 2005 o buscador ganhou o redimensionamento para a língua nativa do usuário.

2007

Clique na imagem para ampliar.
Clique na imagem para ampliar.

Após uma década de sua criação, a página inicial já começa a ter a mesmas características do que conhecemos hoje: o menu de navegação(links adicionais) se moveram para o topo, links como pesquisa avançada, línguas e preferências passaram a ser ao lado da barra de pesquisa.

A partir de 2007 o termo pesquisado já havia sugestões de imagens, vídeos, notícias e etc.

2009

Clique na imagem para ampliar.
Clique na imagem para ampliar.

Em 2009 a página inicial do buscador continha somente o logo e a barra de pesquisa. Os links só apareciam quando o usuário movia o mouse. Por se tornar um pouco difícil e confuso de manusear a página, esse tipo de layout deixou de ser usada pouco tempo depois.

2011

Clique na imagem para ampliar.
Clique na imagem para ampliar.

A barra de menus passou a ser escuro e novas funções foram adicionadas. Em 2011 foi implantado a pesquisa por voz, no qual podia ser acionado através de um ícone de microfone localizado na página oficial do buscador (google.com).

2012

2012
Clique na imagem para ampliar.

Não houve muitas mudanças em 2012. Somente a página ficou mais organizada e os links para o login da conta Google trocou de lugar. Além disso, foi adicionado novos links no rodapé e houve uma mudança nos login múltiplos de contas, deixando ainda mais fácil de ser usada.

2014
Clique na imagem para ampliar.

Em 2014 a página inicial do Google se tornou muito parecida com a atual de hoje. Com um designer mais clean e leve, na inicial somente aparece os três serviços mais utilizados do Google e os demais podem ser encontrados em um menu suspenso. A famosa barra de links de serviços somente aparece quando o usuário digita o termo desejado. Além disso, os links do rodapé começaram a aparecer em uma barra cinza localizada na parte de baixo da página.

2015

Clique na imagem para ampliar.
Clique na imagem para ampliar.

Após a transição e passar a ser Alphabet, o Google ganhou uma nova logomarca e uma séries de mudanças aconteceram no buscador e na empresa. Todos os serviços da empresa, incluindo o buscador, começaram a ser controlados por uma empresa-mãe chamada Alphabet. Esses serviços, tais como Youtube, Gmail, Android, Google X, Nest e Calico passaram a ser tratados como empresas separadas, todas elas “filhas” da Alphabet. Apesar dessa transição, a Alphabet é administrada pelos seus criadores Larry Page (que será o CEO) e Sergey Brin (que será o presidente).

Fontes das imagens: Reprodução/WebArchive e Internet

Artigos Relacionados


Sua reação

  • FASCINADO
  • FELIZ
  • TRISTE
  • IRRITADO
  • ENTEDIADO
  • MEDO