A primeira revista em quadrinhos do Brasil

0

A primeira revista em quadrinhos a ser lançada no Brasil  foi o Tico-Tico, em 11 de novembro de 1905. Foi criada pelo o jornalista Luís Bartolomeu de Souza e Silva.

A revista bateu recorde na época pelo o público infanto-juvenil. Através de lendas, contos regionais e cantigas populares, valorizava as pessoas humildes, o amor ao Brasil e a identidade popular, reunindo diversas expressões culturais.



Os personagens principais eram Zé Macaco, Faustina, Chiquinho, Reco-Reco e Bolão. Em 1906, após um ano de seu lançamento,  revista em quadrinhos era febre nacional.

Além de histórias de quadrinhos, a revista vinha com passatempos, jogos divertidos, mapas educativos e informações históricas.

A revista entrou em extinção na década de 50, quando eram lançados revistas de outro gênero.

Curiosidades sobre a revista:

tico_tico_2_1326836052

Em 1930, as primeiras história em quadrinhos do Mickey Mouse foram lançadas nas páginas de Tico-Tico, chamado de Ratinho Curioso.

Em 2005, a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro realizou a exposição de todas as revistas de Tico-Tico, comemorando os 100 anos do surgimento da revista.

Primeiras histórias

Como charge, o primeiro desenho em quadrinhos circulou em 1837, vendido como litografia (tipo de gravura), de autoria de Manuel de Araújo Porto-Alegre.

No ano de 1869, o italiano Angelo Agostini iniciou no Brasil a tradição de colocar quadrinhos em jornais, criando os personagens ‘Zé Caipora’ e ‘Nhô-Quin’.

Artigos Relacionados


Sua reação

  • FASCINADO
  • FELIZ
  • TRISTE
  • IRRITADO
  • ENTEDIADO
  • MEDO